quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

AULAS DE KARATÊ NO SINDICATO AINDA ESTÃO INDEFINIDAS.

21.01 - 16.50hs
Desde o final do ano passado estamos aguardando uma conversa com o Professor Paulo, para confirmarmos o horário das aulas de karatê para 2015.
Nosso cronograma de aulas ficou pronto e ainda não foi possível conversar com o professor, que abriu seu próprio estabelecimento, o que tem dificultado a realização de aulas em nossa academia, daí a mudança dos horários já no ano passado, para conciliar os dois compromissos.
 No início de suas atividades dentro do sindicato o professor Paulo já sonhava com um espaço pessoal, onde daria suas aulas com maior liberdade de tempo, ao qual desejamos muita sorte e sucesso.

Enquanto esta conversa não acontece, seguimos com nosso programa que atende a solicitação de vários usuários da academia.

NOSSA ESTRUTURA, NOSSO TRABALHO E OS COMENTÁRIOS.

21.01 - 16.49hs
Dia destes ouvi uma frase que dizia mais ou menos isso: “O Sindicato deveria dar mais estrutura para nós, os trabalhadores”.
Os sindicatos desenvolvem diariamente uma série de atividades que são desconhecidas dos trabalhadores, de qualquer que seja a profissão ou cidade e que está ligado diretamente ao bem estar de todos, inclusive o da família do trabalhador.
São atividades ligadas ao Ministério do Trabalho, ao Ministério Público, ao INSS, a sociedade, ao Procon, as Policias Civil e Militar, sobre saúde, segurança, leis, normas e por aí afora, que trazem benefícios coletivos para qualquer que seja a cidade ou empresa de trabalho.
No nosso Sindicato o departamento jurídico tem informa, auxilia, instruí, orienta, aconselha, noticia sem poupar tempo ou disponibilidade. Não tem distância, é por todos individual ou coletivamente.
Nossos dirigentes percorrem a base semanalmente e devem ser questionados sobre os direitos da categoria, pois deveres todos têm muitos, mas a visita tem como finalidade estar próximo, orientando e trazendo informações importantes para nosso desempenho profissional.
Os informativos, Frente Bancária, Blog, Face book, torpedos, mailing, levam a todos o que de mais novo acontece em nossa categoria e fazem alertas quanto aos perigos da falta de informação, que tem sido o “bicho-papão” do bancário, que quando percebe já foi engolido ou pior, demitido sem maiores explicações.
Quem avisa amigo é, diz o ditado!
Porem, muitos colegas de trabalho só se “dão” conta destes alertas, quando já estão envolvidos em situações irreversíveis e em muitas delas, por desinteresse nos informes onde dispensamos tempo e dedicação, com a finalidade de evitar o pior.
Cabem a nós, trabalhadores bancários, conforme obtemos as informações ou tomamos conhecimento delas, que as compartilhemos com os demais “desantenados”, que poderão ser vitimas do processo por pura ignorância dos fatos. Na sequencia o prejuízo será daqueles que ficarem, pois há muito tempo os bancos não se importam mais com quantidade de trabalhadores e o serviço terá que ser executado, de qualquer modo, doa a quem doer!

A estrutura está disponível, precisa de interesse em usufruí-la!

SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE SOROCABA - A MÃO NA RODA.

21.01 - 16.48hs
São várias as atividades executadas por nossa diretoria que fazem deste, um dos melhores sindicatos em atividade no País.
Nas últimas gestões podemos afirmar como poucos, que nunca abandonamos a questão educacional, seja qualificação ou requalificação, primária ou pós-graduação, para trabalhadores ou seus dependentes legais. Bancários de outras bases territoriais procuram por nossos cursos e desejam que seus sindicatos fizessem o mesmo.
Aqui em nosso sindicato demos estrutura suficiente para uma equipe de cadeirantes em Handebol, que disputou vários jogos e sagrou-se campeão paulista em final de 2013. A sociedade sorocabana nem tomou conhecimento deste feito.
Aqui também acolhemos uma equipe de futebol de salão feminina, que já foi campeã em diversos campeonatos e torneios como Cruzeirão, Cruzeirinho, Copa TV Tem, Copa Record entre outras, mas sempre com o nome de outras cidades da região, mais recentemente pela vizinha Votorantim. A categoria bancária não sabe disso.
Da extinta escolinha de futsal dos bancários saíram jogadores que estão jogando fora do País ou em times grandes do futebol brasileiro. Poucos sabem deste feito.
Depois das equipes constituídas, treinadas, aparelhadas e estruturadas, apareceram e aparecem sempre os oportunistas querendo levar um ou outro para o seu clube, afinal é mais fácil pegar o diamante já lapidado. Quem é ligado ao esporte sabe do que estamos falando!
Por aqui passaram profissionais nas áreas esportiva, jornalística, advocatícia, que hoje são proprietários de seus próprios negócios ou profissionais liberais, mas tiveram seu alicerce fundamentado aqui em nosso espaço. Muitas chances foram dadas, alguns aproveitaram outros não, cursos e planilhas custeadas, oportunidades de crescimento pessoal, portas foram abertas. Isso é estrutura, é trabalho sério, independente de reconhecimento.
Muitos desconhecem este trabalho, que tem seriedade e competência, dedicação e amor, mas ao contrário do que muitos fazem, não alardeamos nem publicamos na primeira pagina dos jornais, fazemos, trabalhamos!

Uma frase de Henry Ford pode resumir tudo isso “Qualidade significa fazer certo quando ninguém está olhando”.

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

BRADESCO DE CAPELA DO ALTO ESTÁ CONTINGENCIANDO/SELECIONANDO CLIENTES.

20.01 - 16.38hs
Após o Banco Bradesco ter sido explodido em Capela do Alto, aquela agência bancária ainda não foi recuperada em sua totalidade.
Nos primeiros dias pós-explosão, o banco continuava atendendo clientes sem a mínima condição e nossos dirigentes estiveram presentes no local, confirmando o atendimento dos clientes em meio aos entulhos.
Foi feita uma conversa com a Diretoria Regional de Sorocaba, na pessoa do Senhor André que afirmou estar tudo regularizado e que os funcionários não poderiam estar trabalhando, em virtude da falta de sistema nos computadores.
Passados mais de 30 dias, o prédio ainda não foi de todo reformado e para piorar, o banco vem atendendo clientes em sistema de contingenciamento, selecionando quem eles querem e o tipo de serviço que desejam prestar. Os demais clientes que não conseguem resolver seus problemas estão procurando por atendimento na agência do Banco do Brasil, o outro banco na praça.
Alem de ser penalizado pela falta de agências bancárias na praça, o cliente ainda tem que se sujeitar a ser selecionado, por sorte ou interesse, para ser atendimento dentro de uma agência bancária onde mantém seu dinheiro investido.

Vamos visitar a agência e se necessário, fecha-la em definitivo!

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

MAIS PROBLEMAS COM AR CONDICIONADO.

15.01 - 14.26hs
Nesta terça-feira (13), mais três agências bancárias em Sorocaba apresentaram problemas com os aparelhos de ar condicionado, são elas o Itaú do Wanel Ville, o BMB da Rua São Bento e o Santander da Avenida São Paulo.
Os dirigentes Edvar, Kabe e Lages foram às três localidades e fizeram a medição da temperatura interna das agências que estavam acima dos 27 graus, quando o limite máximo é de 23 graus.
Foram lavrados os informes de visita com as respectivas irregularidades e os bancos devem providenciar os reparos necessários até quinta-feira (15).
No caso do banco Santander, nossos dirigentes constataram que o aparelho já apresentou defeito na semana passada e que agora o clima já está mais agradável, mas que no início a situação estava critica, conforme relataram alguns clientes frequentadores daquela agência.

Repetimos encarecidamente o pedido de que necessitamos de informes imediatos quanto aos problemas nestes aparelhos para que possamos dar a devida atenção e aliviar os problemas para o grupo de trabalhadores que são obrigados suportar altas temperaturas, contrariando a NR17.

AGÊNCIA ITAÚ DE SÃO ROQUE FOI FECHADA POR PROBLEMAS COM AR CONDICIONADO.


Já há alguns meses nosso diretor percebeu e fotografou naquela agência, a existência de ventiladores colocados estrategicamente em todos os caixas, o que prova ter algum tipo de problema nos aparelhos de ar condicionado.
Nesta semana a agência foi fechada no dia 12, em virtude do mau funcionamento do dito aparelho que definitivamente parou e que por algumas vezes teve o gás carregado, mas vazou novamente. Lá estiveram os dirigentes sindicais Gilmar e Toninho acompanhando a manutenção.

No dia seguinte (13) chegou à equipe de manutenção e prometeu deixar o aparelho funcionando para o dia de hoje. Vamos averiguar!

AGÊNCIAS ESPERAM A VISITA DO SINDICATO PARA SOLUCIONAR PROBLEMAS COM AR CONDICIONADO.

15.01 - 14.24hs
Parece absurdo, mas verdadeiro!
Alguns administradores estão aguardando a visita do sindicato para providenciar o conserto dos aparelhos de ar condicionado.
O cerco contra os funcionários administrativos está tão descarado, que só quando o sindicato cobra providências é que o banco toma providências. Isso é um absurdo!
As alegações internas são de que os gerentes ficam mais tempo fora do banco, fazendo visitas, captando recursos e dentro do banco ficam apenas aqueles que têm o trabalho administrativo, logo nem todos sofrem com o calor.
Como em muitos casos quem manda na agência é o GG, que sai de manhã e só volta no final do dia, o sufoco não é sentido por ele e a manutenção nem sempre é solicitada com a urgência devida.
No início de 2014 tivemos um exemplo clássico desse acontecimento, que quando o sindicato compareceu na agência problemática, o GG só foi localizado quase duas horas mais tarde e antes do início dos trabalhos da equipe de manutenção ele saiu para almoçar e só retornou ao prédio do banco às 16h30min, quando o movimento já havia terminado.

Já antecipamos o acontecido para evitar que alguns digam que é mais uma invenção do sindicato, temos vivencia no assunto!