segunda-feira, 27 de outubro de 2014

É hora de juntar os cacos!

27.10 - 15.46hs
Existem inúmeros motivos pelo qual a eleição brasileira apontou seu vitorioso!
Não podemos negar que a democracia se resolve desta forma, nas urnas e por quem fez a sua parte.
Também não podemos fechar os olhos para a realidade de um país que necessita urgentemente de coordenação e união.
Entre 142 milhões de votantes, 50 milhões votaram na oposição e mais de 25 milhões sequer votaram.
Nosso país não pode estar dividido, nem deve ser! A divisão fortalece o lado oposto, o contrário, o indesejável.
Ao final desta eleição ambos os partidos precisam juntar seus cacos, seus restos, seus erros e fazer disso um ensinamento. Não existe unanimidade e nunca existirá, porém muita coisa errada precisa ser consertada, é preciso coragem para enfrentar a adversidade e não perder de vista o alerta popular.
Quem torce contra seu próprio povo, não tem sangue brasileiro, quem deseja o mau político acredita que mora em outro país.
É preciso ficar atento às promessas feitas até esta data e cobrar, deixar de lado o sentimento vitorioso, pois no meu entender ele não existiu.
Hoje o pontapé foi dado e o que acontecer de bom ou ruim a nação brasileira deve ser creditado à competência ou não, de quem estiver em seu comando.
Vamos seguir nossas vidas adiante, sem medo das responsabilidades que temos em busca de um Brasil melhor.

Que Deus esteja do nosso lado!

Goiano assassino de mulheres deseja continuar matando!

27.10 - 15.43hs
Mesmo preso, o assassino em série de Goiás continua afirmando que deseja matar mais pessoas.
O assassino desorientado e louco que já matou muitos, continua seu delírio mesmo preso.
Este é um caso que deve ser considerado grave e que nenhum advogado deve se atrever liberar, mesmo que depois de vários exames que possam comprovar estar recuperado.
E como o maníaco do parque, muitas mulheres devem procurá-lo por uma estranha atração que parece idolatria.

O mundo está virado ao avesso!

Catadores de castanha Portugueses ganham R$ 128,00/dia.

27.10 - 15.42hs
Em período de colheita, catadores de castanhas portuguesas ganham em média R$ 128,00 por dia de trabalho e recolhem cerca de 100 quilos por dia.
R$ 3.600,00/mês não é nada mal para coletar castanhas no campo, não é mesmo.
Este trabalho tem seus problemas, como por exemplo, ficar arcado boa parte do dia para pegar o produto que fica no chão, ponto exato de colheita, mas muito diferente da realidade brasileira e se considerarmos os catadores de reciclados, por peso das coletas a comparação é impossível.

Outro detalhe que não posso deixar de relatar, o preço da castanha portuguesa é muito mais barato que a brasileira, que segundo o produtor de lá é devido aos impostos cobrados aqui na terrinha.

Conheça melhor as empresas e até a que você trabalha!

27.10 - 15.37hs
Aproveitando a oportunidade que tive visitando o PROCON de Sorocaba, vou dividir mais esta informação com quem tem necessidade de saber a respeito da solidez e da responsabilidade social, como eu tenho, da empresa onde trabalho, por exemplo.
Através do site www.consumidor.gov.br você consegue acompanhar a vida de várias empresas, como uma pesquisa que fiz sobre um grande banco brasileiro, que em seus últimos seis meses apresentou os seguintes números:
- foi denunciado 225 vezes;
- respondeu 99,1% das denúncias;
- resolveu 64,9% das reclamações;
- teve como prazo médio para respostas de 3 a 4 dias;
- obteve 2,8% de satisfação no atendimento.
A vida do trabalhador brasileiro está longe de ser justa e os bancos ainda mais em suas soluções, ou seja em resolver os próprios problemas que causa aos clientes e usuários bancários.
Fiz a mesma pesquisa com outro banco particular e o resultado não foi muito diferente.
Saiba mais sobre o que acontece com empresas que gastam muito com propagandas televisivas, que nem sempre cumprem o que anunciam, como a grande loja de magazine que vende mais barato, mas não fornece mais o montadora dos móveis.
Nem terceirizar a mão de obra interessa mais ao patronato!

Acompanhe o confirme, o mundo está longe de ser cor de rosa!

Você conhece seus direitos profissionais!

27.10 - 15.36hs
Isso é muito sério e deve ser respondida por todos os trabalhadores Existem benefícios disponibilizados em nossa Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) que visam amparar o trabalhador e muitos desconhecem quais e que vantagens podem trazer ao conjunto dos trabalhadores.
Uma cláusula importante de nossa CCT é o custeio para curso de qualificação e requalificação, que mesmo demitido pode ser reivindicado, justamente para o preparo de uma nova profissão se assim for desejada.
Outra é o uso do convênio médico entendido pós-demissão e dependendo do tempo de trabalho, o uso deste convênio pode ser por maior tempo.

O sindicato está preparando a cartilha jurídica que auxiliará em muito no que o bancário precisa saber sobre seus direitos já garantidos em negociações salariais de anos atrás.

Abono assiduidade!

27.10 - 15.35hs
Minha pergunta é simples e tem um fundamento importante para ser feita.
Você fez uso do abono assiduidade?
Faço esta pergunta pois em uma enquete feita por nosso sindicato, muitos bancários desconhecem esta cláusula conquistada na campanha salarial de 2013, isso mesmo, do ano passado.
Veja os números que apuramos em uma pesquisa de quinze dias, feita em nosso site:
- 65% dos pesquisados não usufruíram do benefício;
- 48% destes pesquisados desconheciam o benefício;
- 32% dos pesquisados usufruíram do benefício;
- 0,5% solicitaram o benefício e não foram atendidos; São números importantes e graves, pois temos direito a uma cláusula da CCT que não está sendo usada e pior, desconhecida pelos trabalhadores.

Infelizmente um dos maiores bancos privados do país deu negativa aos seus comandados, o que não tem sentido ser assim. É direito!

domingo, 19 de outubro de 2014

A IMPUNIDADE ALIMENTA O CRIME!

19.10 - 19.34hs
Visivelmente este é o maior problema para o brasileiro que sobrevive do trabalho honesto!
Os criminosos chegam afirmar que o dinheiro liberta das prisões que deveriam corrigir e retirar os maus exemplos das ruas.
O trabalho honesto vem perdendo terreno para a marginalidade, que encontra brechas nas leis e ganham dinheiro, muito dinheiro.
O fantástico deste domingo falará dos abortos ilegais ou clandestinos e quem deveria estar preso aparece feliz e risonha, como se tivesse a chave da cadeia guardada no bolso e que a polícia não pode fazer nada contra esse poder!

Estes deveriam ter as chaves de suas celas jogadas em alto mar, para nunca mais mostrar os dentes de felicidade pelos erros cometidos contra um país que precisa de crédito, não de bandido!